Patologia Bucal - Alteração dos Ossos Maxilares(sem figuras)

  • Published on
    01-Jul-2015

  • View
    2.537

  • Download
    7

Transcript

<p>Alter aes dos ossos maxilaresBoraks, 2001.</p> <p>Prof. Marinaldo Sampaio</p> <p>Semiologia dos ossos maxilares Os ossos maxilares so o arcabouo onde se inserem os msculos da boca e face Neles se alojam rgos anexos e funcionam como depsito de clcio Diferem dos outros ossos - comportam dentes, periodonto e esto submetidos a foras complexas Comunicam-se com o meio externo pelos dentes (canal, exodontia).Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Semiologia dos ossos maxilares Os ossos maxilares so sedes de alteraes locais e sistmicas 400mg de Clcio provenientes da alimentao so trocados diariamente entre osso e sangue A resposta ssea, sempre montona Reabsoro - neoformao ou ambas. Esta resposta mais lenta que a dos tecidos moles;Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Semiotcnica do osso Prejudicada, pois os sinais no so observados diretamente, j que os tecidos moles recobrem o osso; Neste caso a utilizao de exames complementares, como radiografias e tomografias, so indispensveis.</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Semiotcnica do osso Sintomas Ausente Dor Parestesia Anestesia Queimao</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Semiotcnica do osso Sinais Ausente (ou clinicamente no detectvel) Aplasia Hipoplasia Depresso Aumento Ectopia dental Crepitao Perda ou diminuio da funoEstes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Exames complementares Radiologia e tomografia interpretada pela perda ou aumento de substncia mineralizada e se traduz pelo aparecimento de reas radiopacas e radiolcidas; Exames laboratoriais no exame hematolgico se pesquisa principalmente Clcio e fosfatase alcalina entre outros;</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Exames complementares Aumento de Clcio observado na osteopetrose ou no hiperparatireodismo; Diminuio raquitismo (hipocalcemia) Aumento da fosfatase alcalina doena calcificao excessiva RX flocos de algodo. de Paget</p> <p> Diminuio falso raquitismo existe a matriz orgnica, o Ca, mas no h ossificao por falta da fosfatase alcalina.</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Exames complementares Puno punciona-se a leso caso no se consiga aspirar nenhum contedo pode imaginar que esteja vazia ou seu contedo pode ser slido; Bipsia remove-se fragmento do osso para anlise laboratorial (histopatolgico). Ultrassonografia, magntica. cintilografia, ressonncia</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p> Quanto ao Nmero nica Mltipla</p> <p>Caractersticas clnicas das leses sseas</p> <p> Quanto a Quantidade de ossos atingidos Monosttica Poliosttica</p> <p> Quanto a Delimitao Focal difusaEstes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Anomalias de desenvolvimento Aplasia disostose cleidocranial Hipoplasia - micrognatia Hiperplasia - macrognatia</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Cistos odontognicos Cavidade patolgicas preenchidas por substncia lquida ou semi-slida, revestida por epitlio organizado. Ao contrrio dos tumores de aspectos csticos, no apresenta potencial para crescimento autnomo invaso celular.</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Classificao dos cistos odontognicos De desenvolvimento Cisto dentgero Cisto de erupo Queratocisto odontognico Cisto gengival/alveolar do recm-nascido Cisto periodontal lateral Cisto odontognico epitelial calcificante</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Classificao dos cistos odontognicos Cistos inflamatrios Cisto radicular Cisto radicular residual Cisto paradental</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Cisto dentgero Clinicamente manifesta-se por abaulamento intrabucal das corticais sseas;Desenvolvimento</p> <p> Pode ocorrer sintomatologia dolorosa para os casos onde houve contaminao da cavidade, podendo assim manifestar secreo purulenta; Radiograficamente relacionado com coroa de dente retido (3 molar), geralmente unilocular, pode ser multilocular.Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Cisto de erupo Clinicamente manifesta-se como bolha de colorao violcea geralmente na crista do rebordo gengival jovens com idade inferior a 7 anos; Frequentemente acomete a regio dos incisivos da maxila.</p> <p>Desenvolvimento</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Ceratocisto odontognicoDesenvolvimento</p> <p> Clinicamente manifesta-se associados a dentes no irrompidos pode provocar sintomatologia dolorosa e outros sinais flogsticos quando associado a infeco; Pode provocar alterao no posicionamento dental; Radiograficamente manifesta-se de forma multilocular atingindo grandes propores, fazendo diagnstico diferencial com ameloblastomas e cistos dentgeros.Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Cisto doDesenvolvimento</p> <p>gengival alveolar recm-nascido</p> <p> Clinicamente manifesta-se como ppula na regio do rebordo alveolar no maiores que 2mm de dimetro; Que podem ser nicas ou mltiplas de contorno ntido e regular, e de colorao ligeiramente esbranquiado seu contedo preenchido por queratina; Conhecido como prolas de EPSTEIN ou ndulos de BOHN.Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Cisto periodontal lateralDesenvolvimento</p> <p> Clinicamente localizado na vestibular, ou significativo;</p> <p>manifesta-se atravs de aumento regio interdental e tbua ssea mesmo no produz aumento sseo</p> <p> Radiograficamente apresenta aspecto arredondado circunscrito, delimitado radiopaco.</p> <p>radiolcido por halo</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Cisto odontognico epitelial calcificante Relacionado com a regio anterior da maxila, pode aparecer na mandbula, crescimento lento;Desenvolvimento</p> <p> Radiograficamente mostra-se como leso unilocular contendo no seu interior ndulos radiopacos das clulas fantasmas que calcificam-se.</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Cisto radicular comum infectarem-se e assim, podem manifestar-se como abscessos, fstulas ou abaulamentos gengivais, ou ainda;Inflamatrio</p> <p> Pode ter drenagem espontnea de secreo purulenta pelo sulco gengival; Radiograficamente faz diagnstico diferencial com granulomas periapicais, fornece imagem radiolcida circunscrita geralmente junto ao pice dental.Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Cisto radicular residual Radiograficamente manifesta-se como imagem geralmente unilocular, circunscrita com halo radiopaco ao redor, correspondente a esclerose ssea reacional.Inflamatrio</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Cisto paradental Radiograficamente manifesta-se como imagem radiolcida circunscrita bem delimitada, com halo radiopaco ao redor, sempre em posio lateral a um elemento dental. Clinicamente corresponde a um aumento assintomtico na regio de rebordo alveolar.</p> <p>Inflamatrio</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Cistos no odontognicos Cisto do ducto nasopalatino; Cisto naso-alveolar.</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Cisto do ducto nasopalatinoCisto no odontognico</p> <p> Clinicamente manifestam-se com abaulamento do palato e vestibular dos incisivos centrais superiores; A puno geralmente produtiva com presena de lquido citrino ou acastanhado transparente ou ainda se infectado secreo purulenta; Radiograficamente imagem radiolcida bem definida junto as razes dos incisivos centrais superiores, com formato de corao.Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Cisto ouCisto no odontognico</p> <p>naso-alveolar naso-labial</p> <p> No tem comprometimento sseo, por isso no aparece no exame radiogrfico; Acomete a regio prxima a asa do nariz, a membrana cstica pode obliterar as narinas.</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Pseudocistos Leso traumtica do osso; Leso traumtica do osso com componente vascular; Cavidade idioptica de STAFNE.</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Leso traumtica do osso Clinicamente permanecem na maior parte assintomticos raramente ocorre abaulamento das corticais; Os elementos dentais mantm a vitalidade pulpar; Radiograficamente so imagens arredondadas, radiolcidas, com contorno ntido e irregular.</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Leso traumtica do osso com componente vascular</p> <p> Semelhante a anterior sendo que nesta ocorre proliferao vascular a partir da organizao do cogulo sanguneo. conhecido tambm como cisto hemorrgico.</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Cavidade idioptica de STAFNE. Apresenta-se radiograficamente como imagem radiolcida regular e uniforme bem delimitada, unilocular, na regio de transio do corpo e ngulo da mandbula; Nunca supera 20mm de dimetro, inferiormente ao canal mandibular; No requer tratamento acompanhamento clnico radiogrfico.Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Tumores odontognicos So neoplasias em geral benignas, que se iniciam a partir de tecido odontognico; O epitlio da cavidade bucal embrionria dotado de mltipla potencialidade tecidual s suas custas iro se formar o revestimento mucoso da boca, as glndulas ali existentes, os germes dentrios, o parnquima das glndulas salivares, etc.Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Tumores odontognicos Ameloblastoma Tumor odontognico adenomatide Tumor odontognico escamoso Tumor odontognico epitelial calcificante Mixoma</p> <p> Cementoblastoma benigno Cementoblastoma giganteforme Displasia cementiforme periapical Fibroma ameloblstico Odontoma</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Ameloblastoma Manifesta-se como leso intra-ssea, osteoltica de crescimento lento e progressivo promovendo aumento consistente palpao geralmente com abaulamento da cortical ssea; Pode eventualmente apresentar aspectos exofticos, nos casos em que h rompimento da cortical ssea.</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Ameloblastomacaractersticas Folicular mostra leso RL circular, regular e uniforme na regio do ngulo e ramo da mandbula, por vezes envolvendo a coroa de um 3 molar , como um CD/QC. Plexiforme imagem multilocular, exibindo septos entre as lojas que podem ser diminutas ou maiores mostrando aspectos de favo de mel ou bolhas de sabo respectivamente.</p> <p>histopatolgicas</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Tumor odontognico adenomatide (TOA) Caracteriza-se por aumento consistente palpao, incompressvel, emergindo da gengiva inserida e mucosa gengival sob a forma de ndulo sssil submucoso, cuja mucosa que o reveste integra e regular. indolor; Radiograficamente mostra imagem RL, circular, bem delimitada muitas vezes envolvendo a coroa de um dente lembrando um CD. Geralmente na regio de canino superior.Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>caractersticas histopatolgicas Constitudo por clulas epiteliais fusiformes, que formam nichos, cordes ou massas Formam rosetas em torno de um espao central semelhantes aos ductos glandulares</p> <p>Tumor odontognico adenomatide (TOA)</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Tumor odontognico escamoso Ocorre tanto na maxila regio anterior e mandbula; Apresenta aumento gengival localizado onde provoca mobilidade dental, confunde-se com periodontite; Radiograficamente leso RL unilocular, triangular, geral no excede 1,5 cm na mandbula, podendo maior na maxila; Pode apresentar condensao ssea ao redor.Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>em ser</p> <p>Tumor odontognico escamosocaractersticas histopatolgicas Ilhas de epitlio com aparncia levemente escamosa em um estroma fibroso Observa-se formao microcstica</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Tumor odontognico epitelial calcificante localmente invasivo ocorre frequentemente na mandbula na regio de molares, mas, pode ocorrer na maxila aumento consistente palpao Radiograficamente leso RL ntida e as vezes irregulares difusa, mltiplas calcificaes no interior da massa, de dimenses variadas.</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Tumor odontognico epitelial calcificantecaractersticas histopatolgicas Camadas de clulas tumorais polidricas com citoplasma acentuadamente eosinfilo e pontes intercelulares Presena de material amilide eosinfilo amorfo Diversas calcificaes tipo anis de Liesegang</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Mixoma odontognico Ao RX mostra leso RL multiloculada maxila e mandbula de crianas; So tumores de crescimento lento e podem atingir grandes dimenses, com grande possibilidade de danos morfofuncionais.</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Mixoma odontognicocaractersticas histopatolgicas Clulas com forma estrelada</p> <p> Presena de finas fibrilas colgenas</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Cementoblastoma Crescimento tumoral em continuidade com a raiz dental; Radiograficamente mostra a raiz com aspecto de balo; No necessita tratamento cuidado na exodontia.</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Cementoblastomacaractersticas histopatolgicas Tecido mineralizado cementoblastos volumosos contendo numerosos</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Cementoma giganteforme familial um tumor auto-limitado, benigno intra-sseo que no RX mostra rea radiopaca em geral nica, de contorno irregular e difuso; No necessita anatmicos. tratamento, no causa danos</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Cementoma giganteforme familialcaractersticas histopatolgicas Massa cemento-ssea escertica</p> <p> Hemorragia ao redor das trabculas sseas</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p> Radiograficamente apresenta alteraes mescladas de reabsoro ssea e proliferao fibroblstica e neoformao de cemento. Ora radiopaco, ora RL.</p> <p>Displasia cementiforme periapical</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Odontoma Presena de estruturas intra-sseas amorfas ou mesmo com formato de dentes; Possuem todos os tecidos dentais, espao periodontal e lmina dura.</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Fibroma ameloblstico Regio de pr-molares inferiores; Crescimento lento e progressivo no causando outra sintomatologia alm do aumento na regio citada, muitas vezes associado com um dente no irrompido; Radiograficamente imagem RL, uniforme, nica, bem definida com contorno ntido. Ocasionalmente pode ocorrer leso multilocular;Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Alteraes sseas endcrino-metablicas Mecnica adaptao conforme a intensidade e freqncia, sofre remodelao de acordo com a fora mecnica. Vascular O2 , hipxia determina estmulo no crescimento durante um certo tempo e depois involui; Metablico de acordo com a disponibilidade de Clcio o osso adapta-se para que haja remodelao do osso so necessrios, entre outros os seguintes elementos: Matriz orgnica protica (osteide), Clcio, fosfatase alcalina.Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Substituio do osso por: Tecido granulomatoso do SRE (Doena das clulas de Langerhans) Doena de Letterer Siwe letal Granuloma eosinfilo Doena de Hand-Schller-Christian</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Substituio do osso por: Tecido gorduroso - xantomas Tecido fibroso Displasia fibrosa monosttica Fibroma central Displasia fibrosa poliosttica Jaffe Albright</p> <p>Estes slides so apenas roteiro de aula</p> <p>Fibroma central Displasia fibrosa localizada, tem contornos ntidos e limites precisos, claros e definidos abaulamento sseo; Radiograficamente apresenta imagem osteoltica regular com ligeira RO, lembrando muitas vezes um c...</p>

Recommended

View more >