Cartagena slide 0

Cartagena

  • Published on
    18-Dec-2014

  • View
    34

  • Download
    0

DESCRIPTION

NAVIO-ESCOLA BRASIL BRIEFING DE NAVEGAÇÃO PORTO DE CARTAGENA ATRACAÇÃO e DESATRACAÇÃO REFERÊNCIA: Anexo A da Publicação DN11-2 – Normas para Navegação dos Navios…

Transcript

NAVIO-ESCOLA BRASIL BRIEFING DE NAVEGAÇÃO PORTO DE CARTAGENA ATRACAÇÃO e DESATRACAÇÃO REFERÊNCIA: Anexo A da Publicação DN11-2 – Normas para Navegação dos Navios da Esquadra       GM GM GM GM GM GM PAZOLINI – (PELORO BE) THIERRY – (PELORO BB) SALGADO – (ENC. NAV.) SANT’ANA – (OPERADOR RADAR) ENES – (PLOTADOR) CERQUEIRA – (ANOTADOR\TELEFONISTA) 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. 11. 12. 13. 14. 15. 16. HORÁRIOS ASTRONOMIA CLIMATOLOGIA PREVISÃO DO TEMPO MARÉ E CORRENTE DE MARÉ AUXÍLIO EXTERNO TRÁFEGO CARTAS A SEREM EMPREGADAS CINEMÁTICA, PONTOS NOTÁVEIS E PERIGOS À NAVEGAÇÃO OBSERVAÇÕES IMPORTANTES COMUNICAÇÕES SITUAÇÃO DE MÁQUINAS SITUAÇÃO DOS EQUIPAMENTOS DE NAVEGAÇÃO SITUAÇÕES DE EMERGÊNCIA VÍDEO CONSIDERAÇÕES FINAIS ATRACAÇÃO: 19 DE JULHO (SEGUNDA-FEIRA) HORA 07:00 R 07:15 R DISCRIMINAÇÃO OBSERVAÇÕES LAT: 10º 18,8’ N LONG: 075º 36,2’ W EQUIPE DE NAVEGAÇÃO GUARNECER DEM 08:00 R 09:00 R RECEBIMENTO DO PRÁTICO ATRACAÇÃO - DESATRACAÇÃO: 22 DE JULHO (QUINTA-FEIRA) HORA DISCRIMINAÇÃO EQUIPE DE NAVEGAÇÃO GUARNECER DEM RECEBIMENTO DO PRÁTICO DESATRACAÇÃO OBSERVAÇÕES - 17:00 R 17:20 R 17:30 R - 18:00 R - ATRACAÇÃO: 19 DE JULHO (SEGUNDA-FEIRA) FUSO HORÁRIO: (R)+5 SOL NASCER PÔR 05:48R 18:28R DESATRACAÇÃO: 22 DE JULHO (QUINTA-FEIRA) FUSO HORÁRIO: (R)+5 SOL NASCER PÔR 05:49R 18:28 R Haverá luz natural por ocasião da atracação e desatracação. •MÊS: • JULHO PRESSÃO ATMOSFÉRICA: 1008 hPa TEMPERATURA DO AR: MÁX 33ºC, MIN 25ºC • • UMIDADE RELATIVA DO AR: 80% PRECIPITAÇÃO: 78 mm • • NÚMERO DE DIAS COM PRECIPITAÇÃO: 9 DE VENTOS: SE/NE FORÇA 3/4 •PREDOMINÂNCIA  O Mar do Caribe sofre influência dos ventos alísios durante todo o ano, caracterizando-se por ser uma área quente e úmida, geralmente com tempo bom. O Mar do Caribe também é dominado por uma crista de alta pressão (Originada do Anticiclone dos Açores). Variações diurnas de pressão são da ordem de 2 hpa. Quando ocorrer variações de pressão acima do valor mencionado deve-se ter especial atenção quanto a possibilidade de ocorrência de uma tempestade.  PREVISÃO VÁLIDA 190000 ATÉ 200000 (HMG) CÉU MEIO ENCOBERTO/QUASE ENCOBERTO COM PANCADAS DE CHUVA LEVE;  VENTO NE/SE COM FORÇA 2/4 COM RAJADAS DURANTE AS PANCADAS DE CHUVA;  ONDAS DE NE/E 0.5/1.5 METROS;  VISIBILIDADE BOA REDUZINDO PARA MODERADA DURANTE AS PANCADAS DE CHUVA;  TEMPERATURA ESTÁVEL;  PRESSÃO ATMOSFÉRICA: 1010 A 1016 HPA;  UMIDADE RELATIVA DO AR: 80 A 95%. ATRACAÇÃO : 190900JUL MAREGRAMA 0.5 0.4 0.3 HORÁRIO AMPLITUDE 01:25 05:50 09:00 11:27 18:26 05:50:00 09:00:00 -0,03 m 0,09 m 0,01 m -0,05 m 0,41 m 0.2 0.1 0 01:25:00 -0.1 11:27:00 18:26:00 02:28:00 AMPLITUDE MÁX.: 0,46 M A maré será de quadratura. A atracação será realizada na vazante. O tipo de maré é semidiurna com desigualdades diurnas. DESATRACAÇÃO : 221800JUL MAREGRAMA 0.5 0.4 0.3 0.2 0.1 0 -0.1 HORÁRIO 0431 0909 1258 1800 AMPLITUDE -0,07 0,02 -0,01 0,26 2041 0,40 04:31:00 09:09:00 12:58:00 20:41:00 AMPLITUDE MÁX.: 0,41 M 18:00 A maré será de quadratura. A desatracação será realizada na enchente. • Correntes de maré observadas em Boca Chica: - na enchente - direção 116º pouco acima de 0,5 nó; - na vazante - direção 260º com cerca de 0,5 nó. • Correntes de maré observadas dentro da Baía de Cartagena: - na enchente - direção E/SE com cerca de 0,5 nó; - na vazante - direção W com cerca de 0,5 nó. DIREÇÃO DA CORRENTE DURANTE A ATRACAÇÃO W- 0,5’ DIREÇÃO DA CORRENTE DURANTE A DESATRACAÇÃO O prático embarca nas proximidades da bóia de águas seguras (10º18.8N/075º36.2W). Canais de Chamada: Boca Chica Pilots - Canais 16, 14 e 11 (VHF). Lancha do Prático - Canais 16 e 11 (VHF). A confirmação do ETA nas proximidades da bóia de águas seguras deve ser feita à estação de praticagem Boca Chica, localizada no Forte de San Fernando. AUXÍLIO EXTERNO PRATICAGEM AUXÍLIO EXTERNO REBOCADOR DE PORTO Regras de Tráfego: Navios não devem ultrapassar no canal de Boca Chica; Navios entrando devem dar preferência e passagem a navios saindo da baía; A máxima velocidade permitida no interior da baía de Cartagena é de 14 nós; Existe uma estação de controle de tráfego em Isla Draga, que deverá ser chamada no canal 16 antes de demandar o canal de Boca Chica; O porto de Cartagena caracteriza-se por um intenso fluxo de navios. 24510 (Aproximação para a Baía de Cartagena) 24508 (Entrada para a Baía de Cartagena) 24509 (Porto de Cartagena) Sistema de balizamento: IALA B DATUM WGS – 84 Declinação magnética(2010): 7º W Profundidade indicada na carta em metros, sendo a menor profundidade prevista 12 metros. 9. CINEMÁTICA, PONTOS NOTÁVEIS E PERIGOS À NAVEGAÇÃO CLUBE NAVAL ESCOLA NAVAL IHLA DE TIERRA BOMBA EXTENSÃO TOTAL DO CANAL: 9 MN ESTAÇÃO CONTROLADORA DE TRÁFEGO ENTRADA DO PORTO CARTA 24508 Ponto de recebimento do prático Bóia de águas seguras Racon “Q” (- -.-) Ponto crítico Fuerte San José BOCA CHICA CASTILLO DE SAN FERNANDO ISLA DRAGA 200 Jds A R= 053º F A1 J S FORTE SÃO FERNANDO ( F ) FORTE SÃO JOSÉ ( J ) CASTILLO DE SAN FERNANDO ( F ) ISLA DRAGA CASTILLO DE SAN JOSÉ S J N1 CARTA 24509 P SINAL CARDINAL L FUNDEIO DE PETROLEIROS PROFUNDIDADE: 22 M TENSA: LAMA QUARTÉIS DE AMARRA: 5 PROFUNDIDADE: 27 M TENSA: LAMA QUARTÉIS DE AMARRA: 5 Perigo Isolado R S (S) PUNTA ARENAS ( R ) G Mv 280º CLUBE NAVAL BASE NAVAL ESCOLA NAVAL CLUBE NAVAL FAROL PUNTA CASTILLO GRANDE ( G ) ESTAÇÃO DE SALVA B1 ~ 60 metros ~ 60 metros Muelle Turístico EDURBE 90m Profundidade: 10.5m SAÍDA DO PORTO D Q P M A R= 053º J1 Ponto crítico Fuerte San José 10. OBSERVAÇÕES IMPORTANTES MUELLE TURÍSTICO EDURBE LOCAL DE ATRACAÇÃO (MUELLE EDURBE) CERRO LA POPA NAVIO ATRACADO NO MUELLE TURÍSTICO EDURBE ATENTAR À MANOBRA DE ESPIAS LOCAL DE ATRACAÇÃO (MUELLE EDURBE) LANCHA PARA AUXÍLIO À AMARRAÇÃO NE BRASIL ATRACADO DETALHE DA AMARRAÇÃO DA POPA CABEÇO DO MOLHE TURÍSTICO EDURBE DEFENSA DO MOLHE TURÍSTICO EDURBE SONDAGEM REALIZADA EM 2008 EQUIPAMENTOS DISPONÍVEIS NO PASSADIÇO: VHF – DSC FURUNO (CANAIS 16 E 14): BB VHF MARÍTIMO iCOM (CANAL 11 ): BE 4 CRPS, COM POSSIBILIDADE DE AMARRAR ATÉ DUAS FREQUÊNCIAS DE UHF/HF. • MCP: 1 E 2 DISPONÍVEIS • MCA: 1, 2, 3, 4 DISPONÍVEIS • AS BEI OPERANDO EM PRESSÃO NORMAL • PACOTE HIDRÁULICO BE E BB DISPONÍVEIS • AGULHA GIROSCÓPICA A e B DISPONÍVEIS • AMPLIFICADORES DA GIRO DISPONÍVEIS 13. SITUAÇÃO DOS EQUIPAMENTOS DE NAVEGAÇÃO GPS VISION MASTER FT 250 RADAR B.MASTER ANEMÔMETROS RADAR FURUNO AG.MAGNÉTICAS CARTA ELETRÔNICA RADIOGONIÔMETRO MÁQUINAS ODÔMETRO GIRO ECOBATÍMETROS •FORA DE GIRO GOVERNAR PELA AGULHA MAGNÉTICA DECLINAÇÃO MAGNÉTICA : 07º W DESVIO DA AGULHA MAGNÉTICA : CURVA DE DESVIOS LEME CUMPRIDO OS PROCEDIMENTOS PARA REASSUMIR O GOVERNO DO NAVIO E NÃO SE OBTENDO SUCESSO, O NAVIO DEVERÁ REDUZIR MÁQUINAS, IÇAR O SINAL DE EMBARCAÇÃO SEM GOVERNO, ENTRAR EM CONTATO COM A PRATICAGEM E FUNDEAR. AMBOS OS FERROS ESTARÃO PRONTOS PARA LARGAR. MAR REDUZIR MÁQUINAS E RECOLHER POR BOTE, ESTAÇÃO DE RECOLHIMENTO NA POPA. •FORA DE •HOMEM AO DÚVIDAS ? FIM