...

DINÁMICAS PARA PEQUENOS GRUPOS

by pamacv

on

Report

Category:

Documents

Download: 0

Comment: 0

2,288

views

Comments

Description

Download DINÁMICAS PARA PEQUENOS GRUPOS

Transcript

DINÁMICAS PARA PEQUENOS GRUPOS (PG) O material a ser usado durante o pequeno grupo é a Biblia mas com bastante dinámicas. O assunto abordado será o viver e o pensar Cristo Sempre, subdividido em três sessões: 1. Pensai nas coisas que são de cima – coloss.3:1-2 10H00 - Dinámica 1: Balão do Desejo Material: Papel, caneta e balões Tempo 20 min Desenvolvimento: Distribui-se, entre os participantes, um balão (cada qual deve escolher a cor que cor quiser), três tiras peuqenas de papel e uma caneta. Pede-se que todos escrevam nas tiras de papel as perguntas: - Qual o seu objectivo neste encontro? - O que você espera do encontro? - O que você está disposto a nos dar? Pede-se que cada um responda as questões. Cada um escreve o nome em cada tira depois de responder às perguntas e as enrola bem fino. Colocar, então as três tiras dentro do balão, enche-l e amarrá-lo. Todos ficam em pé e jogam os balões para o alto, sem deixá-los cair por um minuto. Depois, cada um pega um balão qualquer, desde que não seja o seu. Estoura-o e fica com as tiras que estão dentro dele. Em circulo, sentados, cada um começaa ler as perguntas e respostas que tem. O lider se fala no final. Moral: esta tecnicaserve para o autoconhecimento; para que todas as pessoas do grupo se expressem; para o grupo levantar suas expectativas; e para delimitar as possibilidades e limites do grupo e da actividade proposta. 15H00 - Dinámica 2: Meu mundo interior Material: Musica de fundo e sua imaginação - Todos devem fazer silencio total - Todos do grupo devem estar com os olhos vendados ou fechados. - Os participantes devem deitar no chão de barriga para cima, devem concentrarem-se, entretanto no clima da dinámica, esquecendo de tudo, por alguns momentos, deixarem a mente totalmente limpa. É importante lembrar aos participantes, que não devem ficar tentando imaginar o que será feito nesta dinámica, elas apenas devem manter a concentração em tudo o que o condutor da dinámica estiver falando. - Após o ambiente estar em condições idiais, e todos já estiverem prontos, aí então começa-se a dinámica. - começamos fazendo com que os participantes mentalmente criem um painel ( da maneira que imaginarem), posterior a isto, vão pensar na familia (Pai, Mãe, Irmãos enfim todos aqueles que convivem namorando(a), enfim as coisas mais importantes da sua vida, fará um retrato mental e colocará no painel, sendo que o retrato mais importante virá por ultimo (cada um irá imaginar Jesus Cristo a sua maneira e o colocará no centro do painel) o condutor da dinámica, com a luz do Espirito Santo, acrescentará com mais palavras e colocações. Com todos no painel, cada um pensará como é a convivencia com todas essas pessoas, sabem agradecer, sabem pedir perdão, sabem perdoar, sabem reconhecer os erros, enfim como são as suas atitudes, e principalmente como é a sua convivencia com deus. ( o condutor da dinámica, com a luz do Espirito santo, acrescentará com mais palavras e colocações) - Após todos estarem reflectindo sobre suas vidas, o condutor diz aos participantes: “imaginem agora seu cotidiano, senta-se no seu trabalho, nos seus estudos, com a sociedade. Imaginem-se na lida do dia a dia. Conforme passam-se os dias, você começa a sentir sintomas estranhos em seu organismo, mas a principio não liga. O tempo vai passando e os sintomas vão aumentando, e por fim decide ir ao médico. Começa-se então uma serie de exames, e terminados os mesmos você fica a aguardar. Até que chega o dia de ir ao consultório ver o resultado (neste momento que estiver a conduzir, vai dizer a todos para que imaginem entrando no consultório vendo a face do médico contragida) e eis que o mesmo não é dos mais satisfatórios, você descobre que está com uma doença rara, e einfelizmente não tem cura, e pra piorar você tem apenas 2 (duas) semanas de vida” E agora?? E seus Pais? Seus irmãos? Seus amigos? E aquelas pessoas que te magoaram e as que também tu magoaste, e que talvez por um orgulho não deste o perdão. E jesus? O que fizeste para Deus em sua, minha vida. Será que fez tudo o que ele pediu? Meu Deus, e agora? O condutor da dinámica, começa então a citar coisas que geralmente acontecem no dia a dia. Ele diz: você que algumas vezes reclamava da vida, agora se encontra com apenas duas semanas de vida. Ele diz: você que algumas vezes reclamava da vida, agora se encontra com apenas duas semanas de vida. Quantas vezes você reclamaou que sua vida era monotoma, e agora você se vê cheio de vontade de se viver. Quantas não foram as vezes que vc reclamou sua casa, suas roupas e de todas suas coisas, e quantas não foram as vezes que vc chegou em casa, e sua mãe com todo o amor e carinho havia preparado a refeição, e vc olhava para a comida, sem se importar com os sentimentos da sua mão vc reclamava. Quantas vezes seu Pai lhe dava conselhos para o seu proprio bem e vc não aceitava, fazendo tudo errado e seu pai e a sua mãe ficavam tristes e maguados, porque eles os ama e vc não se importa com eles e seus irmãos que vc nem dá bola, vive brigando, troçando, e agora? Como fazer para dizer a eles que no fundo vc os ama. E seus amigos, vc reagiu como amigo deles? E aquelas pessoas que vc maguou ou que te maguaram? E ai? Vc gostaria de reconciliar? É aconselhavel que sim pois vc tem tão pouca vida, e não quer morrer sem pedir e sem dar o perdão. E o mais importante, Deus… vc não tem nada para concertar com Ele? Vcdeu a Deus a chance de participar de sua vida e agora?? Será que dá tempo de concertar todos esses desacertos em sua vida? O condutor pode acrescentar mais. Moral: no final após um grande periodo de reflexão pede-se para mentalizar o painel novamente, ver cada pessoa ali colocada e principalmente a Jesus que cada um imaginou à sua forma. Faz todos refletirem o quanto é bom viver e que hoje nós não temos duas semanas, mas uma vida inteira pela frente. Se pisar-mos na bola várias vezes porque então não começamos hoje mesmo a mudar isso? Pois, temos saúde e uma vida. Louve a Deus por isso. Detalhe: o condutor terminará esta dinámica da maneira que quizer, mas o importante é que toque fundo no coração das pessoas e que as faça reflectir. Versiculo base: Filip. 4:8 e colos. 3:2 2. Já não vivo mas Cristo vive em mim – gal. 2:20 10H00 - Dinámica 1:Luz versus Medo Material: uma vela para cada participante fósfero, venda para olhos e dois bolões Enche os balões e deixe-os escondidos. Vc vai precisar de um ajudante para estourá-los no momento combinado, sem que os outros saibam. Veda os olhos dos participantes. Condusa os participantes a fazer o silencio. Quando a sala estiver quieta o ajudante estoura o balão. Desvenda os olhos dos participantes e mostra a causa do barulho e pergunte quem se assuntou e porque. Direccione a conversa para o valor da luz, pois quando estamos nas trevas até mesmo uma coisa simples nos assusta. Compare com Jesus ser a luz da nossa vida. Chame a atenção dos participantes para a eluminação quem está em destaque, quem está no escuro, se todos podem ver uns aos outros bem, converse se no mundo é assim; como as pessoas veem a presença de cada dos participantes; falar sobre Jesus e a salvação é como ter os olhos desvendados. Começa a falar sobre a importancia de haver mais olhos desvendados. Dê a cada um uma vela e a acenda com a sua fale de como espalhar o evangelho.Agora com os olhos desvendados estoura outro balão. Conversa sobre a diferença no susto, maior ou menor e o quanto a luz de Jesus nos afasta e nos ajuda a lidar com medo e sustos da vida. Encerre convidando os participantes a irem ao meio do grupo para oração. 19H00 - Dinámica 2: Material: um caixa de fósfero Tempo: 1 minuto por participante Desenvolvimento: solicitar aos participantes que acendem o fosfero e se apresenta ao grupo enquanto o palito estiver aceso ou fale o que aprendeu de mais importante naquele dia. Para falar da administração do tempo com Deus, a colocação final deve ser a seguinte: se todos tiverem o mesmo tempo para se expressar porque para alguns o tempo foi grande e para outros o tempo foi pequeno? Abrir espaço para discussão( tempo para Deus). Falar da pressão na vida real, fazer discussão 3. Se morresmos com ele, tambem com ele viveremos – ll tim.2:11 Domingo – 21H00 Dinámica: A ceia do Senhor: Presente de Cristo Duração: aprox. 30 min Material: caixa de sapatos, papel colorido, caneta. Prepare com antecedencia: 1 caixa de sapatos, embrulhada como se fosse um presente, bem vistoso Dentro dela coloque pequenos presentinhos, em cores diferentes (tantas cores quantas forem os PGs que irão para discussão); estes presentinhos, podem ser simplesmente um retangulo de papel dobrado ao meio, com a frase “ Eu te dou a minha vida!” escrita no lado interno 1 carta, com o seguinte texto seguerido: queridos jovens da igreja do Nazareno de Santa Maria, este ´o meu presente para voces, e é com muito amor que o dou. Há um pequeno pedaço dele para cada um de voces, peguem o seu na caixa, mas não abram ainda! Qual a sensação de ganhar um presente? Assim de supresa? É bom, ruim? O que passa na sua cabeça? E na vespera de seu aniversário? Voce sabe que no dia seguinte vai ter festa, amigos, parentes… e com certeza alguns presentes. O que será que você vai receber? Aquilo que tinha pedido, ou vão te surpreender com algo inesperado? Como voce se sente? E este pequeno presente, o que será? - 2. entregar uma folha com perguntas para cada grupo. Inicie a dinámica dizendo que o grupo recebeu o presente, acompanhado de um carta que você gostaria de ler. Pegue a caixa e mostre ao grupo; leia a carta, e deixe que cada um tire o seu presentinho de dentro da dela de acordo com a cor do seu grupo. Depois, peça que se dividam nos PGs, de acordo com a cor do presente tirado da caixa, e que so então o abram. Distribua as folhas de perguntas entre os grupos e deixe tempo suficiente para conversarem sobre cada questão. Sugestões de perguntas: 1. qual a sua reação ao abrir este peuqeno presente? 2. Leia : Mateus 26: 26-30 e I corintios 11:23-29 . quem deu a sua vida? Para quê? De que forma? 3. quando vamos à igreja, tomar a Santa Ceia, como nos comportamos, o que entimos, como agimos? 4. no que a Santa Ceia é igual a ganhar presentes? No que é diferente? 5. Precisamos fazer alguma coisa de especial para ganhar este presente da vida de Cristo? Pastor: Depois deste momento, reuna todo o grupo e converse novamente sobre cada uma das questões, enfatizando as diferenças entre a alegria do perdão e o peso/tristeza de nossos pecados. A possibilidade de confessar a Deus, se arrepender e receber gratuitamente o grande presente da vida de Cristo. Encerre com a santa Ceia do Senhor e com uma oração.
Fly UP